quinta-feira, 3 de maio de 2012

CAUCAIA NÃO DEVE TER SEGUNDO TURNO AFIRMA TRE


Seriam necessários 1.137 alistamentos diários até 9 de maio para o município chegar aos 200.001 eleitores

Dificilmente o Caucaia terá segundo turno nas eleições de outubro. A constatação é do chefe de cartório da 37ª zona eleitoral, José Carlos Torres, responsável pelo mutirão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará naquela zona eleitoral. Para viabilizar o segundo turno, é preciso que o município contabilize pelo menos 200.001 eleitores. No entanto, Caucaia possui 189.598, e a procura por cadastramento eleitoral tem sido abaixo do esperado no Grêmio Recreio e Estudo, no centro da cidade, onde estão sendo concentrados os atendimentos do TRE.

Caucaia é o segundo maior reduto eleitoral do Estado, perdendo apenas para Fortaleza. Para a viabilidade de uma eleição em dois turnos, seria necessário que, até o próximo dia 7 de outubro, o município apresentasse 200.001 eleitores, conforme a legislação eleitoral. O segundo turno acontece quando nenhum candidato à prefeito obtém mais de 50% dos votos válidos.

No Ceará, somente a Capital poderá ter segundo turno, visto que a movimentação nos cartórios eleitorais de Caucaia estão aquém do necessário para a realização desta modalidade. Nos últimos dias, foram realizados 1.307 alistamentos, que ainda devem ser avaliados pelos juízes eleitorais para a efetivação dos título. Mesmo que todos os alistamentos sejam efetivados, Caucaia só contabiliza, por enquanto, 190.905 eleitores.

Improvável

Para a possibilidade de realização de segundo turno, o município teria que realizar o alistamento de, no mínimo, 9.096 eleitores, o que não deverá acontecer, segundo os prognósticos do TRE. Conforme José Carlos Torres, é muito improvável, levando em conta a quantidade de eleitores que vêm sendo atendidas diariamente no Grêmio Recreio e Estudo, que estes mais de nove mil eleitores sejam efetivados até o próximo dia 9 de maio.

Na segunda-feira passada, foram atendidas somente 300 pessoas, e, ontem, no feriado, menos de 200 atendimentos foram realizados no espaço improvisado no Centro de Caucaia. Esses procedimentos, no entanto, incluem, além dos cadastramentos, a alteração de domicílio eleitoral e a regularização de título. Para alcançar o número de eleitores que possibilitaria a realização de segundo turno em Caucaia, seriam necessários 1.137 alistamentos diários.

O chefe de cartório José Carlos Torres diz que a expectativa é de que 5 mil atendimentos sejam realizados até o dia 9 de maio, o que, ainda assim, não possibilitaria a inclusão de Caucaia no conjunto de municípios com possibilidade de segundo turno. Geralmente, no final do prazo aumenta a procura para o atendimento. Em maio de 2008, antes das últimas eleições municipais, a média era de 200 atendimentos diários. Mas, no último dia, pelo menos 1.008 pessoas compareceram para realizarem os procedimentos.

Atípico

"Seria atípico esse aumento no número de eleitores. Precisaríamos de mais de 9 mil eleitores e não temos isso", frisou José Carlos Torres, lembrando que nem as instalações de indústrias por conta do Porto do Pecém ou o povoamento na divisa com São Gonçalo do Amarante deverão garantir um grande número de eleitores para Caucaia em outubro próximo.

O mutirão em Caucaia funciona todos os dias, inclusive no fim de semana, até o dia 9 de maio. José Carlos chama atenção para os atendimentos aos sábados e domingos, pois, segundo ele, apesar de serem dias em que a maior parte da população está em casa, a procura pelos serviços têm sido pequena. Além dos doze servidores dos cartórios de Caucaia, oito funcionários do TRE, dois policiais militares, quatro guardas municipais e agentes da Autarquia de Trânsito dão suporte ao atendimento.

Mutirão atende 1500 eleitores na Capital

Muita gente aproveitou o feriado de ontem para fazer alistamento, transferir título e corrigir dados cadastrais no ginásio Paulo Sarasate, onde está instalada a estrutura de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que funcionou das 8 horas até o meio-dia. Estiveram envolvidas na operação 350 pessoas, entre as quais juízes, servidores do Judiciário, guardas municipais e policiais militares, além de policiais federais cuja missão é fiscalizar o entorno do ginásio e reprimir o transporte irregular de eleitores.

O atendimento, na manhã de ontem, foi tranquilo, com filas curtas e sem atropelo. À entrada do ginásio, depois de fazer uma triagem dos documentos, servidores do TRE apontavam a qual setor cada pessoa deveria se dirigir. Havia mais de sessenta guichês computadorizados funcionando, e neles as pendências eram resolvidas em no máximo dez minutos. Cerca de 1.500 pessoas foram atendidas. Na segunda-feira, quando o ginásio esteve aberto das 8h às 18h, esse número foi de 1.900.

Ontem, como nos outros dias, o serviço mais procurado foi o alistamento eleitoral. Muitos pais levaram os filhos que votarão pela primeira vez no próximo outubro para escolher prefeito e vereadores. "A gente vê muitos jovens querendo participar, fazer sua parte no processo político", diz Ingrid Macêdo, chefe da central de atendimento do TRE.

"Entre 16 e 18 anos o voto é facultativo, mas muitos jovens nessa faixa etária estão querendo votar". Depois do alistamento, ela informa, o que as pessoas mais procuram é transferir o título eleitoral e corrigir dados cadastrais.

O TRE vai atender a população no Paulo Sarasate até o próximo dia 9 de maio, das 8 às 18 horas (atenção: no sábado e domingo, o atendimento vai até o meio-dia). Como é notório que o povo brasileiro espera até a última hora, Ingrid Macêdo ressalta que este prazo não será prorrogado de forma alguma. "Quem tem entre 18 e 70 anos (nessa faixa o voto é obrigatório) e tem alguma pendência eleitoral a resolver deve se apressar e não precisa ter medo de filas. O atendimento no ginásio está sendo bem rápido", garante.

Os cidadãos devem comparecer ao Paulo Sarasate portando a identidade, comprovante de residência atualizado e, para homens com mais de 18 anos, comprovante de alistamento militar. Quem tiver necessidade física pode, pelo site do TRE, informar sua situação e agendar uma sessão especial no dia da votação. No site do TRE, o eleitor também pode pré-cadastrar seus dados até 5 de maio. Em seguida, contudo, deverá se dirigir ao TRE para fazer a confirmação.


Nenhum comentário: